O túnel no fim da luz: a privatização do setor elétrico em Mato Grosso

  • Vinícius de Carvalho Araújo

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar a formação de consensos sociais e políticos para a reforma do Estado e de seu aparelho em nível estadual, conforme a governabilidade democrática. Optou-se por uma pesquisa sobre a privatização das Centrais Elétricas Mato- Grossenses S.A. (Cemat), considerada representativa tanto da reforma empreendida pelo Estado de Mato Grosso quanto das dificuldades do setor elétrico em nível nacional. O referencial metodológico dessa pesquisa é composto de um problema e de quatro hipóteses de trabalho. Trata-se de estudo de caso da espécie “provas de plausibilidade”, em que, por uma aplicação iterativa, apresenta-se uma proposição teórica inicial e, em seguida, as conclusões da pesquisa são comparadas, o que permite sua revisão e comparação. Para tanto, descrevem-se a privatização da Cemat e os problemas da desestatização do setor elétrico brasileiro no seu conjunto. Por fim, na conclusão, verifica-se a validade das hipóteses e fazem-se algumas considerações finais sobre a pesquisa.
Publicado
2014-02-20
Como Citar
Araújo, V. de C. (2014). O túnel no fim da luz: a privatização do setor elétrico em Mato Grosso. Revista Do Serviço Público, 55(3), p. 61-86. https://doi.org/10.21874/rsp.v55i3.251
Seção
Artigos