Sobre a Revista

ISSN Eletrônico: 2357-8017

ISSN Impresso: 0034-9240

Foco e Escopo

Missão

Disseminar conhecimentos e estimular a reflexão e o debate, apoiando o desenvolvimento dos servidores, o seu compromisso com a cidadania e a consolidação de uma comunidade de praticantes, especialistas e interessados nos temas de políticas públicas e gestão governamental.

Objetivos

I. Promover, incentivar e abrigar a pesquisa e a divulgação de trabalhos sobre temas relevantes para a administração pública e a gestão das políticas governamentais;

II. Incentivar a produção de conhecimento voltado para a ampliação da capacidade de formulação e implementação de políticas, governança e gestão, em todas as esferas da administração pública;

III. Disseminar conceitos, metodologias e boas práticas no âmbito da esfera pública;

Eixos temáticos

A RSP publica artigos sobre os seguintes temas: Administração e Gestão Pública, Políticas Públicas e Economia do Setor Público.

Público Alvo

Servidores públicos federais, estaduais e municipais; agentes públicos lato sensu;  acadêmicos; especialistas; pesquisadores; comunidade de praticantes e demais interessados em debater políticas públicas e gestão governamental.  

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos submetidos à Revista passam por revisão de admissão (desk review) para análise prévia de adequação pela editoria da revista. Alguns aspectos avaliados nesse momento são: a adequação do tema do artigo ao foco da Revista, a qualidade do texto, o balanço teórico-empírico e a contribuição para o avanço da área temática. Não são fornecidos detalhes sobre esta decisão.

Artigos aprovados no desk review são encaminhados para avaliação de dois a três pareceristas, especialistas no tema do artigo, por sistema duplo cego (blind review): o autor não saberá quem são os pareceristas, nem eles quem é o autor. Dessa análise poderá resultar a aceitação do artigo (condicionada, ou não, à realização de alterações), ou sua rejeição (com ou sem a sugestão de nova submissão após modificações). No caso de nova submissão, o artigo retornará ao início do processo editorial. Os avaliadores da nova versão não serão, necessariamente, os mesmos da versão anterior.

Periodicidade

A Revista do Serviço Público é uma publicação trimestral editada pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Além das quatro edições anuais, eventualmente se publicam edições especiais.

Nota: vale ressaltar que a periodicidade da Revista variou ao longo dos seu mais de 80 anos de existência, mas, desde 1998, tem sido garantida sua publicação trimestral. Além disso, desde março de 2018, ela passou a ser publicada somente eletronicamente.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Política de Preservação Digital

A Revista do Serviço Público (RSP) é preservada nos seguintes serviços: Rede Cariniana (sistema LOCKSS); Public Knowledge Project (PKP); Biblioteca Nacional do Brasil (BN); e Repositório Virtual da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP).

Normas para referências bibliográficas

A Revista do Serviço Público (RSP) segue o padrão estabelecido pela ABNT para os textos escritos em língua portuguesa, sendo sugerido o uso da APA para os artigos escritos em língua estrangeira, como inglês e espanhol.

 Histórico do periódico

A Revista do Serviço Público – RSP é o mais antigo periódico voltado para temas da Administração Pública em circulação no Brasil. Seu primeiro número foi editado em novembro de 1937, pelo Conselho Federal do Serviço Público Civil, precursor do Departamento de Administração do Serviço Público – DASP.

Após um período de interrupção (1975 a 1980), teve sua publicação retomada pela Fundação Centro de Formação do Servidor Público – FUNCEP e, depois de nova interrupção (1990 a 1993), passou a ser editada pela Enap.

A partir dos anos 2000, a RSP foi remodelada como um periódico científico, ampliando sua contribuição ao debate acadêmico.

Atualmente, a Revista é classificada como A4 no Qualis único da CAPES (2019).