Chamada para edição especial: Raça, racismo e políticas públicas de equidade racial no Setor Público

2023-11-21

Em 2023, a Revista do Serviço Público (RSP) completa 86 anos. Uma trajetória marcada pela ênfase em discutir, pautar e provocar grandes debates sobre temas que afetam o estado brasileiro. Entretanto, quando se fala em racismo, assim como na sociedade brasileira, notadamente ainda compartilhamos o desafio de avançar em estratégias que possibilitem ampliar o escopo editorial e de publicações sobre essa temática no Brasil, principalmente na área de gestão pública.

Para avançar nesse propósito, é com grande prazer que convidamos a todos e a todas a submeterem artigos científicos para a edição especial da Revista do Serviço Público (RSP) dedicada ao tema Raça, racismo e políticas públicas de equidade racial no Setor Público.

Esta edição visa proporcionar uma discussão aprofundada das questões relacionadas à raça, à etnia, ao racismo e às políticas públicas de combate à discriminação para a promoção da igualdade e da equidade racial no âmbito do setor público. Destacam-se também a atenção à questão racial em políticas consideradas universais e, especialmente, em áreas em que o debate racial é ainda rarefeito ou mesmo inexistente.

O debate sobre raça e racismo tem ganhado destaque em todo o mundo e o setor público desempenha um papel fundamental na promoção da igualdade e da equidade racial e na implementação de políticas públicas inclusivas.

Este convite busca reunir pesquisas autorais inéditas que sejam resultados de estudos empíricos, análises teóricas e práticas, com diferentes bases epistemológicas e metodológicas, assim como de múltiplos campos do conhecimento, como as ciências administrativas, jurídicas, econômicas, sociológicas, antropológicas, estatísticas, dentre outras, a fim de enriquecer nosso entendimento sobre
como a dimensão racial é (ou poderia ser) enfrentada pelo Estado e as diferentes políticas e instrumentos que têm sido utilizados nesses processos.

Nesse sentido, alguns questionamentos que colocamos como reflexão nessa chamada são:
● Como se configuram os marcadores do que se tem denominado de raça e racismo no
setor público no Brasil?
● Quais políticas têm sido implementadas para o combate a discriminação racial?
● Que instrumentos têm sido utilizados para controle e avaliação de políticas públicas de
promoção a Igualdade e a equidade racial?
● Como vantagens e privilégios raciais se fazem presentes no setor público?
● Quais estratégias e instrumentos são utilizados para o avanço de práticas antirracistas?
● Como uma abordagem interseccional contribui para as análises organizacionais
públicas?
● Como o setor público tem enfrentado o debate sobre representatividade? Quais os
avanços e os desafios?
● Quais ações são necessárias para garantir a permanência de pessoas negras que
ascendem a cargos estratégicos?
● Como formular e implementar um projeto de desenvolvimento nacional considerando
a centralidade do enfrentamento ao racismo?


É importante destacar que estes questionamentos são pontos de partida para estimular reflexões sobre a temática que é objeto desta chamada e outras indagações que possibilitem o avanço dos debates aqui propostos são bem-vindas.

Esperamos contribuições que articulem temáticas que evidenciam as encruzilhadas dos debates sobre raça, racismo e políticas no  setor público e que articulem debates a exemplo de :

● Desenvolvimento econômico com justiça racial
● Discriminação racial no ambiente de trabalho.
● Políticas de ação afirmativa na promoção da igualdade e da equidade racial.
● Formação de servidores públicos na luta antirracista.
● Diversidade e representatividade nas instituições públicas.
● Racialização dos sujeitos na interação com agências estatais.
● O papel do setor de RH no combate à discriminação racial e na promoção da
diversidade étnico-racial.
● Impacto das políticas públicas na redução das disparidades raciais.
● Interseccionalidades e políticas públicas.
● Raça e Classe na interface com Estado.
● Trajetórias de servidores e de servidoras públicas no setor público.
● Tokenismo e diversidade: uma leitura crítica.
● Instrumentos de políticas públicas e combate ao racismo.
● Construção da branquitude, identitarismo e influência nas políticas públicas.
● Reparação e políticas públicas: revisão historiográfica e desafios atuais.
● Raça, gênero e sexualidade no setor público

Nesta chamada receberemos textos que discutam a temática racial no setor público a partir das múltiplas possibilidades de seu entendimento estrutural em nossa sociedade, destacando, a partir de diferentes campos do conhecimento, possibilidades de compreensão estratégica e política de seu enfrentamento coletivo.

Diretrizes para Submissão:

Convidamos autores a submeterem artigos autorais que abordem o tema proposto. Os artigos podem ser baseados em pesquisas empíricas, revisões de literatura, estudos de caso ou análises teóricas, por exemplo. Os artigos devem seguir as normas de formatação da nossa revista, disponíveis no nosso site.

Abertura da chamada para submissões:
21.11.2023

Prazo final para submissão de artigos:
21.03.2024

Processo de Revisão:

Todos os artigos submetidos serão avaliados por revisores especializados no campo, garantindo a qualidade e relevância dos conteúdos selecionados.

Esperamos que este convite inspire pesquisadores a contribuir com seus conhecimentos e perspectivas únicas sobre o tema Raça no Setor Público. Acreditamos que a pesquisa nessa área é crucial para promover a justiça social e a igualdade racial em nossas sociedades.


Para submeter seu artigo ou obter mais informações, por favor, visite:

https://revista.enap.gov.br/index.php/RSP/about/submissions

 

Agradecemos antecipadamente sua contribuição para esta edição especial.

Atenciosamente,

Editoras-convidadas
Tatiana Dias Silva ( Ministério da Igualdade Racial)
Josiane Silva de Oliveira (Universidade Estadual de Maringá)

Editor-adjunto RSP
Rafael Rocha Viana (Escola Nacional de Administração Pública)