Abono Permanência em uma instituição federal de ensino superior: aplicação e desdobramentos

  • Roberta Martins Xavier
  • Magnus Luiz Emmendoerfer

Resumo

A preocupação principal deste artigo é descrever a implementação do Abono Permanência em uma Instituição Federal de Ensino Superior e as implicações que o mesmo acarretou a seus servidores e à própria instituição. O objetivo pretendido aqui não está em exaurir o assunto então tratado, mas mostrar o quanto este pode ser importante, partindo do pressuposto de seu significado intrínseco na motivação para o trabalho. O principal interessado no assunto é o servidor público e este pode usufruir desse benefício dado sua idade para aposentar. Trata-se de uma pesquisa descritiva, cuja coleta foi através de entrevistas semi-estruturadas e individuais com funcionários que trabalham diretamente com os processos de Abono Permanência, e também através de análise de documentos e observação direta dos sistemas gerenciais de processos administrativos da instituição. Este estudo contribui nas discussões sobre benefícios sociais na Gestão de Pessoas e a utilização desses recursos na Administração Pública. Pode-se concluir que o Abono Permanência traz diversas contribuições como, por exemplo, a motivação pessoal em continuar trabalhando, porém, apresenta algumas limitações no próprio incentivo ao benefício, que pode não ser interessante em determinados tetos salariais.

Palavras-chave: gestão de pessoas, benefícios sociais, servidor público.

Publicado
2014-01-23
Como Citar
Xavier, R., & Emmendoerfer, M. (2014). Abono Permanência em uma instituição federal de ensino superior: aplicação e desdobramentos. Revista Do Serviço Público, 60(1), p. 47-60. https://doi.org/10.21874/rsp.v60i1.12
Seção
Artigos