A estatística e a administração: notas de aula do curso de organização do trabalho

Autores

  • Nelson Spinola Teixeira

DOI:

https://doi.org/10.21874/rsp.v67i1.1361

Resumo

Escrito em 1940, período em que a Revista do Serviço Público tinha a maior parte de seu conteúdo dedicado a comunicações internas – em uma seção denominada vida administrativa –, ao direito administrativo, o artigo de Nelson Spinola Teixeira trata do uso da estatística no estudo científico de maneira geral e sua aplicação na administração. O autor busca estabelecer uma distinção entre o que ele chama de técnica do método experimental e a técnica do método estatístico. Em seguida, o texto busca diferenciar o que são fenômenos individuais, coletivos e de multidão. Após tecer diversas considerações de caráter epistemológico, o autor finaliza indicando que aplicação esses conceitos científicos podem ter para a administração. Ao final do texto, ao criticar a ideia de que um “fato global, o fato total, fato geral seja apenas uma soma dos fatos individuais” e afirmar que “ambos, entretanto, têm natureza diversa”, o autor enuncia um dos argumentos evocados atualmente em discussões sobre o uso da perspectiva multinível em estudos organizacionais. A estatística constitue um método de estudo que, dia a dia, aumenta seu campo de aplicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-03-30

Como Citar

Teixeira, N. S. (2016). A estatística e a administração: notas de aula do curso de organização do trabalho. Revista Do Serviço Público, 67(1), 132 - 137. https://doi.org/10.21874/rsp.v67i1.1361

Edição

Seção

RSP Revisitada