Os dois futuros do ato de governar: processos de descentralização e recentralização no ato de governar

  • B. Guy Peters

Resumo

As reformas do setor público ajudaram a torná-lo mais eficiente e eficaz, mas também geraram vários problemas. Tanto as reformas ao estilo do New Public Management quanto da governança contribuíram para os problemas contemporâneos no ato de governar. Tais problemas têm sido em grande parte políticos, refletindo a tendência de se enfatizar valores administrativos em detrimento dos valores democráticos. Os governos começaram a reagir aos problemas reais e percebidos no setor público desenvolvendo diversos instrumentos de “meta-governança” que podem ajudar a governar organizações públicas, mas que envolvem menos comando e controle diretos. Este artigo aborda as funções de governança contemporâneas na restauração da direção e coerência nas políticas e, ao mesmo tempo, no apoio à autonomia das organizações políticas e no envolvimento de redes de políticas no ato de governar.

Palavras-chave: Governança, New Public Management, direção, administração pública, meta-governança

Publicado
2014-02-19
Como Citar
Peters, B. G. (2014). Os dois futuros do ato de governar: processos de descentralização e recentralização no ato de governar. Revista Do Serviço Público, 59(3), p. 289-307. https://doi.org/10.21874/rsp.v59i3.151
Seção
Artigos