Pós-Graduação de Servidores Públicos: percepções de egressos sobre os efeitos de uma especialização

  • Simone Guimarães Guerra Gama BARROS CAPES
Palavras-chave: burocracia, pós-graduação de servidores públicos, percepção de egressos.

Resumo

Este artigo pretende verificar os efeitos do curso de especialização em Gestão Pública Municipal que integra o Sistema Universidade Aberta do Brasil. À luz das percepções dos egressos, buscou-se identificar as implicações efetivas do curso na vida pessoal, profissional e acadêmica dos participantes. Desenvolveu-se uma pesquisa descritiva e quantitativa, utilizando-se a técnica survey. A relevância do tema reside em avaliar a importância da capacitação em nível de pós-graduação de servidores públicos, que formam o aparelho burocrático estatal descrito por Max Weber. Em razão de burocracias estatais fortes e desenvolvidas contribuírem para o desenvolvimento dos países e de o novo modelo federalista brasileiro impor aos municípios novos desafios em termos de gestão e implementação de políticas públicas, a temática de capacitação de servidores públicos municipais se torna central para o Estado. Os resultados da pesquisa demonstraram que o curso teve desdobramentos relevantes na melhoria do desempenho profissional dos egressos que participaram do estudo.

Biografia do Autor

Simone Guimarães Guerra Gama BARROS, CAPES
Mestre em Políticas Públicas e Desenvolvimento pelo IPEA e Coordenadora Substituta da Coordenação de Articulação Acadêmica da Diretoria de Educação a Distância - CAPES.
Publicado
2019-12-06
Como Citar
BARROS, S. (2019). Pós-Graduação de Servidores Públicos: percepções de egressos sobre os efeitos de uma especialização. Revista Do Serviço Público, 70, 132-159. https://doi.org/10.21874/rsp.v70i0.1501
Seção
Especial: Três Década de Enap e de Escolas de Governo