Discussão de alguns condicionantes da eficiência em universidades federais brasileiras a partir do Reuni

  • Ney Paulo Moreira Universidade Federal de Viçosa - Campus Rio Paranaíba http://orcid.org/0000-0003-1883-7135
  • Gideon Carvalho de Benedicto Universidade Federal de Lavras
  • Francisval de Melo Carvalho Universidade Federal de Lavras
Palavras-chave: Eficiência, Indicadores de desempenho, REUNI

Resumo

Busca-se desenvolver uma análise do desempenho das universidades federais brasileiras que aderiram ao REUNI, bem como identificar os fatores determinantes da eficiência, no período de 2008 a 2015. A Análise por Envoltória de Dados (DEA) foi empregada na mensuração da eficiência relativa e foi utilizado o modelo de regressão Tobit com dados em painel para a determinação dos fatores associados à eficiência. Verificou-se que, em média, as universidades federais brasileiras atuaram abaixo de seu potencial, apresentando uma queda no desempenho, especialmente no ano de 2009, com recuperação gradativa nos anos seguintes. Pôde-se notar que, sob diversos aspectos, como a relação alunos por professor e a proporção do atendimento a alunos de graduação e pós-graduação, as universidades tornaram-se um pouco mais homogêneas. As maiores relações de alunos por professor e alunos por servidor apresentaram relação positiva com o desempenho, assim como o tamanho das universidades mostrou-se positivamente associado com os mais altos escores de eficiência. No entanto, a quantidade de campi fora da sede apresentou relação negativa com a eficiência das universidades federais brasileiras.

Biografia do Autor

Ney Paulo Moreira, Universidade Federal de Viçosa - Campus Rio Paranaíba
Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Viçosa (2006), mestre em Administração pela mesma instituição (2008) e doutor pela Universidade Federal de Lavras (2018). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Viçosa, Campus Rio Paranaíba.
Gideon Carvalho de Benedicto, Universidade Federal de Lavras

Graduado em Ciências Contábeis pela Faculdade de Ciências e Letras de Campo Mourão (1983), mestre em Ciências Contábeis e Atuariais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1992) e doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo (1997). Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Lavras.

Francisval de Melo Carvalho, Universidade Federal de Lavras

Graduado em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agricultura de Lavras, atual Universidade Federal de Lavras (1987), mestre em Administração Rural pela mesma instituição (1992) e doutor em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2009). Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Lavras.

Publicado
2019-09-26
Como Citar
Moreira, N., Benedicto, G., & Carvalho, F. (2019). Discussão de alguns condicionantes da eficiência em universidades federais brasileiras a partir do Reuni. Revista Do Serviço Público, 70(3), 429-457. https://doi.org/10.21874/rsp.v70i3.3314
Seção
Artigos