Escolas de Governo e Redes de Capacitação no Setor Público: Perspectivas Metodológicas para Governança

  • Diogo Ribeiro da Fonseca Universidade de Brasília (UnB)
  • Pedro Paulo Murce Meneses Universidade de Brasília (UnB)
  • Igor Guevara Loyola Souza Universidade de Brasília (UnB)
  • Pedro Paulo Teófilo Magalhães de Hollanda Universidade de Brasília (UnB) Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Palavras-chave: Desenvolvimento de Pessoal, Governança em Redes, Análise de Redes Sociais

Resumo

O presente artigo teórico tem por objetivo a proposição de diretrizes metodológicas para a análise de redes de capacitação no setor público federal, visando ao desenvolvimento de mecanismos de gestão para a sua maior efetividade. As atuais políticas de desenvolvimento de pessoal no Governo Federal têm atribuído um papel maior às escolas de governo na articulação e coordenação de redes de treinamento. Não obstante, o atestado fracasso da política de desenvolvimento na consecução de seus objetivos aponta para a necessidade de aperfeiçoamento dos modelos de governança adotados. O presente artigo adota as perspectivas teóricas da análise de redes sociais, desenvolvimento de pessoas e gestão de redes de políticas públicas para concepção de métodos e ferramentas de gestão da rede de capacitação federal. Raramente a literatura aborda a análise de redes interorganizacionais completas, tampouco em aspectos relativos ao desenvolvimento de pessoas. No âmbito de uma produção predominantemente teórica e exploratória, o presente artigo avança ao apresentar um modelo analítico macro-organizacional que operacionaliza variáveis para o estudo dos padrões de relacionamento entre organizações, relativos ao intercâmbio de conhecimentos e recursos, realizados por meio de ações formais de capacitação. Sob um ponto de vista prático, o modelo proposto visa subsidiar o aprimoramento das políticas de treinamento e seus mecanismos de governança utilizados por organizações públicas, órgãos centrais e escolas de governo, visando à maior efetividade das atividades de desenvolvimento de pessoal na administração pública.

Biografia do Autor

Diogo Ribeiro da Fonseca, Universidade de Brasília (UnB)
Doutorando e Mestre em Administração pela Universidade de Brasília (UnB), Técnico Administrativo na Agência Nacional de Transportes Terrestres.
Pedro Paulo Murce Meneses, Universidade de Brasília (UnB)
Doutor e mestre em psicologia pela Universidade de Brasília, onde atua como docente do curso de graduação e de pós-graduação em administração, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, e coordenador do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Políticas Estratégicas de Gestão de Pessoas no Setor Público Brasileiro.
Igor Guevara Loyola Souza, Universidade de Brasília (UnB)
Mestre em administração pela Universidade de Brasília. Sócio da Alpha Index Pesquisas e Soluções Organizacionais. Membro do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Políticas Estratégicas de Gestão de Pessoas no Setor Público Brasileiro.
Pedro Paulo Teófilo Magalhães de Hollanda, Universidade de Brasília (UnB) Escola Nacional de Administração Pública (Enap)
Doutorando e Mestre em Administração pela Universidade de Brasília. Pesquisador da Escola Nacional de Administração Pública.
Publicado
2019-12-06
Como Citar
da Fonseca, D., Meneses, P. P., Souza, I., & de Hollanda, P. P. (2019). Escolas de Governo e Redes de Capacitação no Setor Público: Perspectivas Metodológicas para Governança. Revista Do Serviço Público, 70, 34-70. https://doi.org/10.21874/rsp.v70i0.1479
Seção
Especial: Três Década de Enap e de Escolas de Governo