Reformas administrativas do Estado: o caso da reestruturação promovida na Secretaria de Desenvolvimento Social de Minas Gerais

The case of the restructuring promoted at the Secretariat of Social Development of Minas Gerais in 2019

Autores

  • Matheus Fernandes Nascimento Fundação João Pinheiro
  • Henrique Tangari Silva Fundação João Pinheiro

DOI:

https://doi.org/10.21874/rsp.v71ic.4348

Palavras-chave:

Reforma administrativa, Mudança organizacional, Gestão de políticas públicas

Resumo

Este estudo aborda a reforma administrativa em curso no Estado de Minas Gerais no ano de 2019, a partir da reestruturação administrativa promovida na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese). O objetivo do trabalho é, a partir da compreensão das principais mudanças promovidas, analisar o impacto institucional da absorção de algumas temáticas no escopo de atuação da secretaria. Além do arcabouço teórico relacionado às reformas administrativas, buscou-se também apropriar a pesquisa das relações existentes na temática das mudanças organizacionais, considerando aspectos relacionados à gestão da mudança e resistência à mudança. Ao abordar as dimensões legal, estratégica e gerencial, o estudo avalia de forma positiva as alterações realizadas, sendo possível observar a capacidade gerencial de absorver as diferentes temáticas. Ressalvam-se, entretanto, alguns impactos negativos nos processos e, principalmente, a dificuldade de adequação orgânica, bem como a ausência de mecanismos de transição para a promoção da gestão da mudança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Matheus Fernandes Nascimento, Fundação João Pinheiro

Mestrando em Administração Pública na Fundação João Pinheiro, possui pós-graduação em Gestão da Informação e Pessoas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e graduação em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro. Atualmente é Diretor de Geração de Renda na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais. Tem experiência na área de administração, com ênfase em Administração Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento e gestão pública, políticas públicas e intersetorialidade. 

Henrique Tangari Silva, Fundação João Pinheiro

Mestrando em Administração Pública na Fundação João Pinheiro, possui pós-graduação em Gestão de Negócios pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e graduação em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro. Atualmente é Assessor Técnico na Diretoria de Articulação e Planejamento da Educação Profissional na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais. Tem experiência na área de administração, com ênfase em Administração Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento, gestão pública, políticas públicas e monitoramento/avaliação.

Referências

ACUÑA, Eduardo; FERNÁNDEZ, Francisco. Análise de mudanças organizacionais: utilidades para políticas sociais. Revista de Administração Pública, v. 29, n. 2, p. 80-109, 1995.

BRESSAN, Cyndia Laura. Mudança organizacional: uma visão gerencial. Seminário de gestão de negócios, v. 1, 2004.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Da administração pública burocrática à gerencial. Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Revista do Serviço Público - RSP, ano 47, v. 120, n. 1, p. 07-40. Brasil. 1996.

ENGEL, Guido Irineu. Pesquisa-ação. Educar em Revista, n. 16, p. 181-191, 2000.

FLEURY, Maria Tereza Leme. Desvendar a cultura de uma organização: uma discussão metodológica. In: FLEURY, Maria Tereza Leme; FISCHER, Rosa María. Cultura e poder nas organizações. Atlas, 1989.

HERNANDEZ, José Mauro da Costa; CALDAS, Miguel P. Resistência à mudança: uma revisão crítica. Revista de Administração de Empresas, v. 41, n. 2, p. 31-45, 2001.

LIMA JÚNIOR, Olavo Brasil de. As reformas administrativas no Brasil: modelos, sucessos e fracassos. Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Revista do Serviço Público – RSP, ano 49, n. 2, p. 5-32. Brasil. 1998.

LOPES, Paulo Cesar Barbosa; STADLER, Carlos Cezar; KOVALESKI, João Luiz. Gestão da mudança organizacional. Publicatio UEPG: Ciências Humanas, Linguística, Letras e Artes, v. 11, n. 1, 51-57, jun. 2003.

MARQUES, Antônio Luiz; BORGES, Renata; MORAIS, Kelly; SILVA, Mariane Coimbra. Relações entre resistência à mudança e comprometimento organizacional em servidores públicos de Minas Gerais. Revista de Administração Contemporânea, v. 18, n. 2, p. 161-175, 2014.

MIGUELES, Carmen Pires; LAFRAIA, João Ricardo Barusso; SOUZA, Gustavo Costa de. Criando o hábito da excelência: compreendendo a força da cultura na formação da excelência em SMS. Rio de Janeiro: Qualitymark, Petrobras, 2006.

MINAS GERAIS, Decreto 47067 de 21/10/2016 - Texto atualizado; Dispõe sobre a organização da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social. Disponível em: https://www.almg.gov.br/consulte/legislacao/completa/completa-nova-min.html?tipo=DEC&num=47067&ano=2016. ALMG. 2016.

MINAS GERAIS, Lei 23304 de 30/05/2019 - Texto original; Estabelece a estrutura orgânica do Poder Executivo do Estado e dá outras providências. Disponível em: https://www.almg.gov.br/consulte/legislacao/completa/completa-nova-min.html?tipo=LEI&num=23304&comp=&ano=2019&texto=or%E2%80%A6. ALMG. 2019a.

MINAS GERAIS, Decreto 47761 de 20/11/2019 – Texto original; Dispõe sobre a organização da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social. Disponível em: https://www.almg.gov.br/consulte/legislacao/completa/completa-nova-min.html?tipo=DEC&num=47761&comp=&ano=2019&texto=original. ALMG. 2019b.

NADLER, David A.; TUSHMAN, Michael L. Beyond the charismatic leader: leadership and organizational change. California Management Review, v. 32, n. 2, p. 77-97, 1990.

NASCIMENTO, Matheus Fernandes. Reforma administrativa do Estado: análise do processo de mudança decorrente da fusão organizacional ocorrida na Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social de Minas Gerais entre 2013 e 2014. Monografia; Fundação João Pinheiro; 2014.

SANTOS, Marcel de Souza e Silva. Gestão da mudança organizacional: uma revisão teórica. Dissertação de Mestrado, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro. 2014.

SEPLAG; Plano Plurianual de Ação Governamental 2016 – 2019; Exercício 2019; Volume 2; Anexo II; Programas e Ações por setor de governo; 2018.

SEPLAG; Plano Plurianual de Ação Governamental 2020 – 2023; Exercício 2020; Volume 1; 2019.

SILVA, Marco Antonio Costa da; ARAUJO, Geraldino Carneiro; VAZ, Telma Romilda Duarte. Gestão por competências como estratégia de mudança organizacional. In: XII SIMPÓSIO DE ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO, LOGÍSTICA E OPERAÇÕES INTERNACIONAIS, 12., 2009, São Paulo. Anais... São Paulo: SIMPOI, 2009.

SOUZA, Wertson Brasil de. Interesse público e resistência à mudança em organizações públicas: estudo de casos em uma Secretaria de Estado. 226 f. 1994. Dissertação (Mestrado) - Curso de Administração, Departamento de Centro de Pós-graduação e Pesquisa em Administração, Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal de Minas Gerais Belo Horizonte: UFMG, 1994.

Downloads

Publicado

2020-12-11

Como Citar

Nascimento, M. F., & Silva, H. T. (2020). Reformas administrativas do Estado: o caso da reestruturação promovida na Secretaria de Desenvolvimento Social de Minas Gerais: The case of the restructuring promoted at the Secretariat of Social Development of Minas Gerais in 2019. Revista Do Serviço Público, 71(c), 264-283. https://doi.org/10.21874/rsp.v71ic.4348

Edição

Seção

Especial: Caminhos da Governança Pública