A implantação de um conjunto de indicadores para a melhoria da gestão da frota de veículos oficiais do Poder Executivo do Estado de Minas Gerais

Autores

Palavras-chave:

indicadores, gestão de projetos, frota de veículos, gestão do conhecimento

Resumo

O presente artigo apresenta o estudo de caso sobre o Projeto Gestão de Frota por Indicadores (GFI), que elaborou um conjunto de 26 indicadores de frota em temáticas abrangentes com a finalidade de nortear a política de gestão de frota do Estado de Minas Gerais. A partir da revisão da teoria sobre políticas públicas e indicadores, é feita a análise do projeto, abrangendo a estratégia de implantação e resultados, bem como a operação após sua conclusão. Este projeto é relevante na medida que a frota oficial, à época do projeto, era composta por mais de 23 mil veículos, correspondendo a maior despesa de bens móveis na conta de ativos do Estado. Conclui-se que a iniciativa apresentada possibilita a redução efetiva de despesas sem perda do nível de serviço, e contribui para a melhoria da gestão da frota de veículos, podendo replicada em outras organizações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Soares, Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão - Minas Gerais

Mestre em International Development pela University of Manchester e bacharel em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro (FJP/MG). Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental. Superintendente Central de Logística da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag/MG).

Michele Kinoshita, Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão - Minas Gerais

Especialista em Gestão de Processos de Negócios (IEC/PUC-Minas), bacharel em Ciências Contábeis (UFMG) e Administração Pública (FJP/MG). Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental. Diretora Central de Projetos em Logística e Patrimônio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag/MG).

Tayla Araujo, Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão - Minas Gerais

Bacharel em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro (FJP). Atualmente atua na Diretoria Central de Projetos em Logística e Patrimônio (DCPLP) da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag/MG) e está realizando Mestrado em Administração na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Viviane Caetano, Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão - Minas Gerais

Especialista em Comércio Exterior pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Bacharel em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Diretora Central de Gestão Logística da Secretaria de Estado de Planejamento Gestão (Seplag/MG).

Referências

INSTITUTO PUBLIX, BANCO DE DESENVOLVIMENTO DE MINAS GERAIS (BDMG), GOVERNO DE MINAS GERAIS. Do choque de gestão à gestão pela cidadania – 10 anos de desenvolvimento em Minas Gerais. Belo Horizonte, 2013.

MINAS GERAIS, Decreto nº 45.018, de 20 de janeiro de 2009. Dispõe sobre a utilização e gestão do Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços do Estado de Minas Gerais – SIAD-MG do Poder Executivo Estadual. Disponível em: https://www.almg.gov.br/consulte/legislacao/completa/completa.html?tipo=DEC&num=45018&comp=&ano=2009&aba=js_textoAtualizado#texto. Acesso em: 20 fev. 2022.

MINAS GERAIS. Decreto nº 47.539, de 23 de novembro de 2018. Dispõe sobre a gestão da frota de veículos oficiais pertencente à administração pública direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo, e dá outras providências. Disponível em: https://www.almg.gov.br/consulte/legislacao/completa/completa.html?tipo=DEC&num=47534&comp=&ano=2018. Acesso em 19 fev. 2022.

MINAS GERAIS. Decreto nº 47.727, de 02 de outubro de 2019. Dispõe sobre a organização da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão e dá outras providências. Disponível em: https://www.almg.gov.br/consulte/legislacao/completa/completa-nova-min.html?tipo=DEC&num=47727&comp=&ano=2019&texto=consolidado. Acesso em 20 fev. 2022.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME (MDS).

Estudo técnico 07/2013. Monitoramento e avaliação de programas sociais no Brasil e América Latina: apontamentos conceituais, considerações metodológicas e reflexões sobre as práticas. Brasília, 2013. Disponível em: https://fpabramo.org.br/acervosocial/wp-content/uploads/sites/7/2017/08/238.pdf. Acesso em 20 fev 2022

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO (MPOG). Indicadores de programas: Guia Metodológico. Brasília, 2010.

MOURA, L. Projeto GES – gestão estratégica de suprimentos: um estudo de caso sobre a implantação de modelo de compras no Estado de Minas Gerais. Trabalho de conclusão de curso de Administração Pública na Escola de Governo Prof. Paulo Neves de Carvalho da Fundação João Pinheiro. Belo Horizonte. 2008.

SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO DO MATO GROSSO (SEPLAN-MT). Manual de Elaboração de Indicadores. Cuiabá 2016. Disponível em: http://www.seplan.mt.gov.br/documents/363424/0/Manual+de+indicadores+-+2016..pdf/3d322fe0-5c73-4a8a-9ef5-58f839469a2b. Acesso em 20 fev 2022

Downloads

Publicado

2022-07-18

Como Citar

Soares, M., Kinoshita, M., Araujo, T., & Caetano, V. (2022). A implantação de um conjunto de indicadores para a melhoria da gestão da frota de veículos oficiais do Poder Executivo do Estado de Minas Gerais. Revista Do Serviço Público, 73(a), 100-121. Recuperado de https://revista.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/6920