Gestão por competências

métodos e técnicas para mapeamento de competências

Autores

  • Hugo Pena Brandão Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil - CASSI
  • Carla Patrícia Bahry Banco do Brasil - BB

Palavras-chave:

Gestão de Pessoas, Gestão por competências, Mapeamento de competências

Resumo

A gestão por competências tem sido apontada como alternativa aos modelos gerenciais tradicionalmente utilizados pelas organizações. Propõe-se a orientar esforços para planejar, captar, desenvolver e avaliar, nos diferentes níveis da organização, as competências necessárias à consecução de seus objetivos. Uma das principais etapas desse processo constitui o denominado mapeamento de competências. Este artigo objetiva apresentar métodos, técnicas e instrumentos utilizados para mapeamento de competências em organizações públicas e privadas. Para isso, fazem-se uma revisão da liter atura sobre o conceito de competência, o mapeamento de competências e a gestão por competências, discutindo-se seus pressupostos e suas aplicações. Ao final, são levantadas as implicações desse modelo de gestão para o setor público e são apresentadas recomendações práticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hugo Pena Brandão, Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil - CASSI

Doutor em Psicologia Organizacional e Mestre em Administração pela UnB, MBA Marketing pela UFRJ/Coppead e MBA Projetos pela FGV. Formação executiva em Banking (University of Chicago), Digital Business (MIT - Massachusetts Institute of Technology) e Organizational Leadership (Columbia Business School). Foi professor do MBA Gestão de Pessoas da FGV e do Ibmec (2001-2011). No Banco do Brasil, foi gerente-executivo da Universidade Corporativa – UniBB (2012-2016) e de Estratégia e Governança (2017-2021). Autor de livros, capítulos de livros e diversos artigos. Atualmente, é Diretor-Executivo da CASSI.

Carla Patrícia Bahry, Banco do Brasil - BB

Mestre em Administração pela UFSC, Especialista em Educação Corporativa, e Graduada em Administração pela Unijuí. Foi professora-tutora do Curso de Gestão por Competências da FGV. Possui diversos artigos publicados sobre gestão por competências e educação corporativa. Atualmente, é Assessora Sênior do Banco do Brasil, na Diretoria de Estratégia e Organização.

Referências

ÁVILA, Melissa. Gestão de pessoas por competências: uma experiência inovadora no setor público. 2005. Monografia (Especialização em Gestão de Pessoas) – Fundação Getúlio Vargas.

BRANDÃO, Hugo Pena. Gestão baseada em competências: um estudo sobre competências profissionais na indústria bancária. 1999. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade de Brasília, Brasília.

BRANDÃO, Hug o Pena; GUIMARÃES, Tomás de Aquino. Gestão de competências e gestão de desempenho: tecnologias distintas ou instrumentos de um mesmo constructo? Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 41, n.1, p. 8-15, jan./mar. 2001.

BRANDÃO, Hugo Pena; GUIMARÃES, Tomás de Aquino; BORGES-ANDRADE, Jairo Eduardo. Competências profissionais relevantes à qualidade no atendimento bancário. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 35, n. 6, p. 61-81, nov./dez. 2001.

_______________________________________________________________________________________________. Competências emergentes na indústria bancária: um estudo de caso. Revista Comportamento Organizacional e Gestão, Lisboa, v. 8, n. 2, p.173-190, out. 2002.

BRUNO-FARIA, Maria de Fátima; BRANDÃO, Hugo Pena. Gestão de competências: identificação de competências relevantes a profissionais da área de T&D de uma organização pública do Distrito Federal. Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 7, n. 3, p. 35-56, jul./set. 2003.

CARBONE, Pedro Paulo; BRANDÃO, Hugo Pena; LEITE, João Batista Diniz. Gestão por competências e gestão do conhecimento. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Varg as, 2005.

DUTRA , Joel Souza. Competências: conceitos e instrumentos para a gestão de pessoas na empresa moderna. São Paulo: Atlas, 2004.

FLEURY, Afonso; FLEURY, Maria Tereza. Estratégias empresariais e formação de competências: um quebra-cabeça caleidoscópico da indústria brasileira. São Paulo: Atlas, 2001.

FREITAS, Isa A.; BRANDÃO, Hugo Pena. Trilhas de aprendizagem como estratégia para o desenvolvimento de competências. In: BORGES-A NDRADE; ABBAD; MOURÃO (Orgs.). Treinamento, desenvolvimento e educação no trabalho. Brasília: UnB, 2005 (no prelo).

GILBERT, Thomas F. Human competence: engineering worthy performance. New York: McGraw-Hill Book Company, 1978.

GUIMARÃES, Tomás de Aquino. A nova administração pública e a abordagem da competência. Revista de Administração Pública, v. 34, n. 3, maio/jun. 2000.

GUIMARÃES, Tomás de Aquino et al. Forecasting core competencies in an R&D environment. R&D Management Re view, Manchester, UK, v.31, n.3, p.249-255, 2001.

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL. Secretaria de Estado de Gestão Administrativa. Plano Estratégico. Brasília, mar. 2001.

IENAGA, Celso H. Competence Based Management: Seminário Executivo. São Paulo: Dextron Consultoria Empresarial, 1998.

LE BOTERF, Guy. Competénce et navigation professionnelle. Paris: Éditions d’Organisation, 1999. LODI, João Bosco. A entrevista: teoria e prática. São Paulo: Pioneira, 1991.

MATTAR, Fauze Najib. Pesquisa de Marketing. São Paulo: Atlas, 1996. v 1, Metodologia e planejamento.

MAGER, Robert F. Preparing instructional objectives: a critical tool in the de velopment of effective instruction. Belmont (EUA): Fearon-Pitman Publishers, 1990.

MCLAGAN, Patrícia A. Competencies: the next generation. Training & De velopment, p. 40-47, May, 1997.

PASQUALI, Luiz. Psicometria: teoria e aplicações. Brasília: Ed. da Universidade de Brasília, 1997.

PRAHALAD, C. K.; HAMEL, Gary. The core competence of the corporation. Har vard Business Review, Boston, v. 68, n. 3, p. 79-91, May/June, 1990.

RIBEIRO, Lore Mânica. Competências organizacionais e humanas de uma or ganização financeira estatal: o ponto de vista de seus gerentes. In: ENANPAD, 23o, 1999, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu: ANPAD, 1999. 1 CD-ROM.

RICHARDSON, Rober to Jarry et al. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1999.

ROCHA, Angela da; CHRISTENSEN, Carl. Notas sobre a constr ução de questionários. Rio de Janeiro: Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração-COPPEAD/UFRJ,1997. Mimeografado.

SANTOS, Armando Cuesta. O uso do método Delphi na criação de um modelo de competências. Revista de Administração, São Paulo, v.36, n. 2, p. 25-32, abr./jun. 2001.

VIEGAS, Waldyr. Fundamentos de metodologia científica. Brasília: Paralelo 15; Ed. Universidade de Brasília, 1999.

WHIDDETT, Steve; HOLLYFORDE, Sarah. The competencies handbook. London: Institute of Personnel and Development, 1999.

ZARIFIAN, Philippe. Objectif compétence: pour une nouvelle logique. Paris: Editions Liaisons, 1999.

Downloads

Publicado

2022-11-29

Como Citar

Pena Brandão, H., & Bahry, C. P. (2022). Gestão por competências: métodos e técnicas para mapeamento de competências. Revista Do Serviço Público, 73(b), 160-177. Recuperado de https://revista.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/8728

Edição

Seção

RSP Edição Especial 85 anos