Comitês de governança de tecnologia da informação na administração pública federal brasileira: fatores críticos de sucesso

  • Marcelo Silva Cunha
  • João Souza Neto

Resumo

Nos últimos anos, na esfera pública federal brasileira, os órgãos de controle externo e interno vêm enfatizando e estimulando a adoção de estruturas de governança de tecnologia da informação (GTI) junto a toda administração pública federal (APF). O presente trabalho identificou, avaliou (com a participação de especialistas em GTI na APF), e classificou os fatores críticos de sucesso (FCS) para a atuação dos comitês de GTI da APF em dois níveis: estratégico e diretivo. Partiu-se de uma lista universal com quarenta FCS, extraída da literatura especializada, e promoveu-se a avaliação desses por meio do método Delphi. No decorrer das rodadas Delphi, novos FCS foram incluídos pelos especialistas na lista original. Ao final da pesquisa, obteve-se uma lista ordenada por importância relativa de dez FCS para os comitês estratégicos de GTI na APF e doze FCS para os comitês diretivos de GTI na APF.

Palavras-chave: administração pública, governança de TI, governança corporativa, tecnologia da informação

Publicado
2014-09-25
Como Citar
Cunha, M. S., & Neto, J. S. (2014). Comitês de governança de tecnologia da informação na administração pública federal brasileira: fatores críticos de sucesso. Revista Do Serviço Público, 65(3), p. 355-381. https://doi.org/10.21874/rsp.v65i3.629
Seção
Artigos